Resenha: Harry Potter e o Cálice de Fogo

Então, eu comecei a ver os filmes de Harry Potter pela primeira vez e tava registrando esses momentos aqui. Parei um tempão porque talvez eu não estivesse preparado o suficiente, mas vi essa semana o Cálice de Fogo e, depois de muita espera, tenho uma resenha nova. Espero que gostem.

 

O Gobleto de Fogo

 

A primeira cena já te deixa ciente de que vai ter barbaridade nesse filme. Começa com um velho crente crente que ia participar de um filme do Harry Potter. Não durou 3 minutos. Uma cobra X9 avisa pro Voldemort que tem um senhor de idade ouvindo a conversa deles e ele toma um Avada Kedavra bem no meio das ideias.

Você pode até pensar “meu deus que crueldade” mas o que vem a seguir é infinitamente pior. Harry e a família do Rony tendo que acordar 5 da manhã pra fazer caminhada junto com o Edward Cullen. Eu não sei exatamente o que aconteceu do terceiro pro quarto filme, mas aparentemente nesse meio tempo ninguém penteou o cabelo uma vez.

 

Ó esse ninho de passarinho

 

Eles estavam indo para a copa mundial de quadribol. Lá o pessoal fica em umas barraquinhas que nem na Campus Party, mas quando você entra nelas, a parada tem uns 3 quartos, suíte, sala de jantar e escritório. Harry fica maravilhado com aquilo.

 

A carinha de quem tá maravilhado

 

Mas aqui entre nós, é de deixar puto né? O moleque tá há QUATRO ANOS só vendo feitiçaria braba todo dia, tem conhecimento do mundo bruxo, entende como funcionam as coisas e ainda fica nessa de “meu deeeus que mágico”. Porra Harry, te orienta irmão. A maior surpresa que teria ali era você entrar na barraca e realmente ser uma barraca.

Jogaço de quadribol, porra muito bom mesmo. Não tem cena do jogo mas com certeza foi muito show. De noitinha, pós-partida, tá geral na barraca quando começa um corre-corre. Geral fugindo desesperado. Se não é arrastão é o rapa passando pra levar produto de bruxo muambeiro.

 

Alá o barata-voa que foi

 

Eram os COMENSAIS DA MORTE. Maluco, que zona do caralho. Sabe a cena de Rei Leão que o Simba e o Mufasa estão no meio da debandada dos gnus? É basicamente isso. Assim, eu to meio por fora da questão do desarmamento no mundo dos bruxos, mas porra, se metade daquela galera tem varinha, já dava pra controlar a situação. Eram umas mil cabeças contra meia dúzia de comensal. Pra mim dava pra ganhar, mas quem sou eu?

O saldo final foi de destruição. Um dos bruxos envolvidos no esquema mandou um sinal pro céu deixando bem clara a motivação dele

 

 

Sacanagem. Foi outra

 

 

Esse cara fica frente a frente com Harry e, francamente, um cara que joga uma caveira dessas no céu, não é um cara de boa índole. Ele vai com certeza esculachar o nosso bruxinho, mas chega um pessoal do Ministério e ele mete o pé. Só sobra o Harry lá e adivinha quem eles acham que é o culpado? Isso mesmo.

 

“Perdeu playboy tu vai virar boneca de bandido em AZKABAN”

 

Tá, vamos pra parte importante do filme. Vai rolar o Torneio Tribruxo lá em Hogwarts. Eu até ia dizer que os últimos 3 filmes deixam bem claro que já é uma má ideia fazer QUALQUER coisa em Hogwarts. Um torneio com pessoas de outros países é o pessoal pedindo pra dar merda.

O torneio é basicamente uma daquelas gincanas que a gente via no Faustão, só que com um risco bem mais alto de você virar cadáver. São 3 bruxos, um de cada escola, competindo pra ver quem ganha um troféu. Ou pelo menos sobrevive com todos os membros do corpo. Os times são:

 

AS BLOGUEIRAS DE BEAUXBATONS

 

 

O GRUPO DE STREET DANCE DO INSTITUTO DURMSTRANG

 

 

…e essa galera que a gente já conhece.

 

Nesse meio tempo a gente conhece o novo professor de Defesa Contra Artes das Trevas, o Alastor Moody. O clima da aula é meio pesado porque o cara já vai de cara passando uns feitiços mais porretas. Rola Imperius, Cruciatus e a Avada Kedavra. Um é pra controlar sua mente, outro pra torturar e o terceiro é o pegou-matou. Fica bem claro que o professor é meio piroca das ideias, o que faz a gente repensar todo o processo de contratação daquela escola.

 

“Hoje vamos aprender endolação de cocaína”

 

Hora de botar os nomezinhos lá no cálice de fogo (que é o nome do filme, olha aí) pra ver quem serão os sorteados na gincana da morte. O Cedrico vai lá e coloca o nome dele. O Cedrico vai muito morrer.

 

“Eu vou muito morrer”

 

Daí são sorteados a belíssima Fleur, Vitor Krum e o Cedrico. O Cedrico vai morrer pra caralho.

 

“Eu vou MUITO morrer pra caralho.”

 

MAS OPA PERA LÁ. O QUE ESTÁ ACONTECENDO? O CÁLICE ESTÁ REVELANDO…MAIS UM NOME? plau. Harry Potter. Óbvio. O filme é dele, tu acha que ele ia ficar só assistindo? Claro que não. Ele é o Harry Potter porra.

Climão. O Harry, como sempre, tomando na jabiraca. Rony fica puto da vida. Os professores estão preocupados e o velho caduco do Dumbledore resolve que o melhor é usar o Harry de isca mesmo porque …foda-se, né. Se saíram mais livros é porque ele não vai morrer agora.

Potter fica muito tenso, desnorteado e sem uma força maior para recorrer. Por isso ele ora bastante e encontra Jesus Cristo de Nazaré numa fogueira.

 

“coé mlk fmz?”

 

Brincadeira. É o Sirius Black. Ele manda na lata pro Harry: “Hogwarts não é mais segura”. Na real essa porra nunca foi, mas acho que bruxo tem mais dificuldade de entender algumas coisas e depois trouxa é a gente. Ele fala que alguém colocou o nome do Harry lá pra prejudicar mesmo, que é pra ele ficar de olho.

 

“fik de olho mlk”

 

Tem uma cena aqui que é o Draco fazendo bullying no Harry. É só isso. Essa cena tem o único intuito de mostrar pra vocês que o Draco ainda existe. Lembra dele? O loirinho oxigenado com cara de quem tá sentindo cheiro de cocô o tempo inteiro.

 

“Continuo a sentir cheiro de defeco, Potter!”

 

Enfim, começa o torneio que QUALQUER UM ALI poderia simplesmente falar “parou, parou. Vai dar merda isso aí”. O Harry tem que lutar com um dragão revoltado com a vida e pronto pra matar o primeiro bunda-mole que aparecer na frente dele. Harry é esperto e pega a vassoura dele pra voar e se dar bem. Daí a porra do dragão se solta das correntes. ZERO ESTRUTURA. ALÔ PREFEITO.

E como todos os meus leitores possuem um conhecimento de vida acima da média, não preciso nem dizer que dragão é um bicho muito do filha da puta. Dragão não tá nem aí pra nada, ele quer zonear, quer arrumar quizumba. Dito e feito: ele descaralha o telhado todo da escola e aí eu quero ver quem é que vai pagar a reforma dessa porra.

 

“DISGRAAAAAAÇA”

 

No final das contas o Harry consegue pegar o ovo, fica tudo bem e vida que segue. No período de tempo entre um desafio e outro, a escola funciona normalmente porque né, o ENEM tá aí e não pode dar mole. Nisso eles estão no bandejão e o Rony recebe uma roupa para usar no baile.

Eu só to trazendo essa parte específica aqui porque geralmente quem entrega encomendas são corujas, mas dessa vez veio um garoto aleatório e eu gosto muito de imaginar como foi decidido isso na sala dos roteiristas.

 
– Então, tipo, a caixa é muito grande pra uma coruja aguentar
– Não pode ser com mais 3 corujas?
– Não porque coruja não é organizada assim. A galera vai sacar fácil.
– Ah. Bota um molequinho qualquer então e foda-se.
– Fechado
 

 

“Oi ganhei esse papel justamente pra te entregar uma encomenda Sr. Weasley.

 

A cena do baile é basicamente pra você lembrar que a Emma Watson é uma das meninas mais bonitas que já pisaram nesse planeta e que o Neville se amarra numa novinha porque ele chegou na Gina. Ah, sim. A Gina aceitou. Não sei quem tá mais errado nessa história.

Depois o Cedrico chega pro Harry e fala assim “po fera valeu por ter me dado aquela moral lá falando dos dragões. Vou te dar uma moral também. Tá ligado o banheirão? Vai pra lá e de repente a gente dá uma zoada mas só na broderagem mesmo”. O Harry vai e descobre o segredo que o levará até o segundo desafio.

 

“Vai ser no lago lá. Não enche mais meu saco não”

 

O desafio acontece em um lago e os 4 campeões precisam nadar para resgatar algo valioso. Aí tu me pergunta “po deve ser um cordão de ouro né? Um relógio Invicta” mas não. São QUATRO CRIANÇAS AFOGADAS. Tipo, eles simplesmente pegaram 4 crianças que não tinham nada a ver e deixaram lá. Se morrer morreu.

Duas delas eram o Rony e a Hermione. Quer dizer, os caras não estão nem aí mesmo. O Harry tenta salvar duas pessoas ao mesmo tempo mas é abordado por um arrastão tal qual em Copacabana, só que formado por uns polvos. Ele se safa em último lugar. Mas o Dumbledore fala que como ele salvou duas vidas (que o próprio Dumbledore colocou lá), ele vai ficar em segundo. Alegria.

Mas senta aí que lá vem mistério:

O Bartolomeu, num papo descontraído com o Harry, é interrompido pelo professor Moody. Este, por sua vez, tem um tique nervoso bem escroto com a linguinha. O Bartolomeu nota isso e faz uma cara de “ih rapaz…”

 

“Ih rapaz…”

 

Depois o Bartolomeu é encontrado morto. Dumbledore toma uma atitude de diretor e… bom, ele não faz absolutamente nada. O torneio vai continuar porque este idoso já perdeu o bom senso há mais de 200 anos.

PROVA FINAL. O labirinto. Basicamente você tem que entrar lá e pegar a taça. Seria ótimo se o ambiente não te deixasse DESCOMPENSADO DAS IDEIAS. Broder, o Krum quase mata a loirinha, o Cedrico quase morre. Uma bagunça. O Harry em vez de pegar a taça que tava na frente dele, volta pra ajudar o Cedrico. Daí eles pegam a taça juntos e PLOFT

 

Eles aparecem num cemitério.

 

Dá pra ver que uma das lápides ali tem escrito o nome da família do Voldemort, então coisa boa aquele lugar não é. A cicatriz do moleque começa a arder e ele vê o Pedro Pettigrew com algo estranho nas mãos:

 

UM VOLDEMORTINHO HSDJKGHKDGAHFHDS

 

JSDHGASLDGJALKG olha esse Voldemort. Bom os sorrisos estão gostosos mas agora acabou a parte feliz porque o Pettigrew dá um Avada Kedavra à queima-roupa no Cedrico. E é isso. Está morto Cedrico. Sem cerimônia, sem frase final. Cedrico não sabe como morreu até hoje.

 

“porra agora vou ter que fazer Crepúsculo”

 

O Pedro Pettigrew começa a fazer a macumbaria dele pegando um osso do pai do Voldemort, a própria mão e umas gotas do sangue do Harry. Deixa em banho maria com o fogão ligado a 200º C e joga o Voldemort Fetinho lá dentro. Isso faz com que ele chegue à sua forma completa

 

Que é isso aqui

 

Francamente? Se fosse pra voltar assim eu preferiria nem ter voltado. O cara não pode botar um Ray-Ban por exemplo porque não tem nariz. Mas ok, cada um com seus problemas. Voldemort chama os comensais da morte através daquela caveira no céu e todos eles chegam. É tipo uma chamada de Skype só que cheia de feiticeiro vacilão. Um deles é o pai do Draco, esse arrombado.

Eles e o Voldemort ficam tricotando um tempinho e daí ele decide que “po, taí, vou matar o Harry Potter. Tá geral me zoando porque eu não consegui então eu vou matar o Harry Potter”. As cenas seguintes são empolgantes demais porque porra, é briga de varinha

 

alá, Dragon Ball Z demais

 

Nisso os espíritos do pai e da mãe do Harry aparecem pra ajudar. O do Cedrico também, mas espírito é foda porque tu não pode ser gentil que eles já se aproveitam da sua boa vontade.

 

“Harry leva meu corpo de volta?”

 

Porra Cedrico aí tu fode o rolê, né. O cara tem tipo uns 3 segundos pra fugir e ainda tem que carregar corpo de marmanjo? Aí tu me quebra, Cedrico. Mas o Harry tem o coração bom e faz isso. Ele consegue escapar daquela merda que se meteu e voltou para o centro da arena com o corpo do Cedrico.

É uma cena emocionante. O Beiçola vem ver o filho do corpo e chora desesperado.

 

“Ô Dona Nenê

 

O Moody vai consolar o Harry e leva ele pra salinha. Só que broder, ele tá meio esquisito. A gente descobre que é ele que tava roubando a poção polissuco do Snape. E ele vai bagunçar o Harry. Mas aí o Snape e o Dumbledore chegam a tempo e descobrem que o filho do Bartolomeu era o cara com o tique da linguinha que fez todas as merdas desde o início do filme.

 

“caraca baita plot twist”

 
 

Daí o filme acaba. E é isso. Voldemort tá 100% e vai tocar o terror. Anota aí o que eu to te dizendo.

 

Faça algum elogio aqui

35 Comentários

  1. Carol Reis

    Igor, você é maravilhoso!!!!!!!!!!!!!!!! Vacilão pq demora 200 anos pra cada resenha mas compensa quando chega ( mentira, você demora demais e eu leio muito rápido). Nós te amamos. Beijo na família!

  2. Davi

    Seus posts são MUITO FERA
    Tu me faz querer acompanhar um BLOG em pleno 2018

  3. beatriz

    “ô dona nenê” puta merda, Ygor! hahaha Quando a gente lênas resenhas até vale o tempo que a gente espera por elas (mentira, acelera esse processo criativo ai!)

  4. Primeiro texto seu que leio, Ygor! Seguro dizer que não vou dormir até ver o blog todo…

  5. Juliana

    Hahahhaha
    Eu to chorando de rir!
    A melhor resenha!!!!
    Obrigada por animar meu domingo!
    Que Harry te proteja desse sem nariz!
    Vai que ele resolve roubar o seu? 😂😂😂

  6. AAAAAAA que coisa mais maravilhosa Ygor, apenas morri de rir e também de amor hahaha cê é demais!

  7. sas resenhas demoram mais a sair que os epis novos das minhas séries favoritas, mas vale a pena esperar <3

  8. ártemis

    anos sendo fã de harry potter e essa foi claramente a melhor resenha que eu já vi

  9. Maluco eu amo Harry Potter e amo ainda mais as suas resenhas! KKKKKKKKK queria que tivesse pelo menos mais 5 filmes pra vc resenhar (diz que entendeu a indireta por favor)

  10. Keka

    Finalmente!!!! Agora vou sentar e esperar mais uns 35 anos pra próxima resenha… Mas olha, só pelo Beiçola esse texto valeu a pena!
    E depois que a gente já leu/assistiu tudo, a maior certeza é que o Dumbledore é um merdeiro da porra!

  11. Aline

    CARACA MULEKE! isso foi muito bom, você tem um talento do car*lho.
    Por favor Ygor, não demora 100 anos com o próximo!

  12. Igor, aguardei esse dia bem ansiosa. Obrigada!!! Peço que tenha dó de nós e faça a próxima em menos tempo hahaha,

  13. Preciso dizer que nunca mais assistirei o filme com os mesmos olhos depois dessa analise hahahaha.. Eu ri demais lendo a sua critica hahahha

  14. Maria Clara

    Eu adoro Harry Potter sou muito fã e essa resenha e incrível eu amei #Amei ❤

  15. Eu adoro Harry Potter sou muito fã e essa resenha e incrível eu amei #Amei ❤
    Obrigada Ygor. ❤

  16. Larissa

    Tantos anos assistindo Harry Potter e só hoje vim entender a cena que o Voldemort aparece e faz os fuzuê junto com o Rabicho

  17. Durante todos esses anos sendo fã da saga, nunca li uma resenha tão verdadeira como essa! Obrigada por esse momento e pela dor de barriga de tanto rir.

  18. Fabiana

    Obrigada, Ygor!
    to ansiosa pelo próximo, vê se não demora (:

  19. O Cedrico tinha cara de que ia morrer mesmo né? Amei e ri bastante

  20. Cara o melhor que eu li foi aquele do prisioneiro de askaban que da tela azul com aquela porra do vira tempo. Dá um tuim legal mesmo e eu caguei de rir quando tu disse qhe foda-se ignorou total aquilo la e simplesmente tocou a vida AHAHAHJAJAHAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJJAJAJAJAJAHAH. Essa ta boa demais demais demais demais. Faz meses que abro o blog pra ver se tu chegou (re)postar alguma coisa, como tava rolando ou se tinha algo novo. Hoje dei sorte em encontrar esse conteúdo fantástico. Muito obrigado. Tu és foda!